Deprecated: A função Elementor\DB::is_built_with_elementor está obsoleta desde a versão 3.2.0! Em vez disso, use Plugin::$instance->documents->get( $post_id )->is_built_with_elementor(). in /home/customer/www/cesbsaudebucal.com/public_html/wp-includes/functions.php on line 5379
Arquivos sangramento gengival - Cesb - Saúde Bucal

sangramento gengival

O que é gengivite?

Gengivite: Principais causas e sintomas

Gengivite é uma inflamação gengival e fácil de ser tratada. Sua causa está diretamente relacionada com a não remoção da placa bacteriana pela escovação e uso de fio dental como rotina diária.

Paciente com higiene oral negligenciada

A placa bacteriana é uma película pegajosa que se forma continuamente no dente, que se não for removida no momento da escovação no longo prazo as bactérias nela contida agridem a gengiva causando a inflamação gengival. Como passar do tempo essa placa bacteriana endurece no local formando o tártaro.

 

 

 

 

 

Sinais e sintomas de gengivite

 

Paciente com gengiva sangrando

Um dos sintomas clássicos é o sangramento gengival durante a escovação. Porém a gengiva inchada, avermelhada e sensível também é percebida pelo paciente.

 

 

 

 

A gengiva fica também descolada, separada dos dentes, criando áreas de bolsas. Sendo por conta disso muito comum a queixa de mau hálito ou gosto ruim na boca ocasionado por um acúmulo misturado de placa bacteriana e restos de comida nestas bolsas periodontais.

Gengivite e retração gengival provoca presença de tártaro

Num segundo momento pode-se perceber um recuo ou retração gengival, fazendo com que o dente tenha uma aparência alongada ou ocorram presenças de bolsas periodontais entre o dente e a gengiva.

 

 

Outras causas e fatores de risco à gengivite

  • Algumas alterações hormonais, como a puberdade e a gravidez, podem favorecer o aparecimento de inflamação gengival
  • Apinhamento dentário
  • Obturações com desadaptação ou excesso de material
  • Aparelho ou próteses dentárias mal limpas ou mal adaptadas
  • Alguns medicamentos como a Fenitoína ou anticoncepcionais também estão relacionados
  • Diabetes
  • Fumo
  • Xerostomia (boca seca)

 Como evitar a gengivite?

Um cuidado redobrado com a higiene bucal é de vital importância e a melhor forma de prevenir a gengivite, por isso:

  • Escovação correta e uso de fio dental diário;
  • Não demorar a escovar os dentes após as refeições;
  • Evitar o cigarro ou outras formas de tabaco;
  • Fazer um acompanhamento regular com o dentista.

Como tratar a gengivite?

 

Paciente com gengiva sangrando

O dentista na sua consulta de diagnóstico irá verificar a presença de tártaro, que é a placa bacteriana acumulada que endureceu e somente o dentista conseguirá remover.

 

 

 

 

 

Algumas dúvidas surgem nos pacientes nesse momento e o profissional durante a consulta irá ajudar você nesse momento.

  • Qual pasta de dente e escova dental é mais recomendada? E sobre antisséptico bucal?
  • Quanto tempo devo demorar na escovação?
  • Qual o melhor tratamento para a minha gengivite?
  • Quanto tempo leva para minha gengiva voltar ao normal?

Iremos abordar este e outras dúvidas em artigos futuros. Não deixe de ficar atento em nossas publicações para não perder nada.

Gengivite x Periodontite

Nesta estágio inicial da doença gengival, os danos são rapidamente revertidos, pois os tecidos de suporte do dente (osso e ligamentos) ainda não forma afetados. Entretanto a longo prazo, se não for tratada podemos ter a instalação de doença periodontal, comprometendo também esses tecidos de suporte do dente causando danos permanentes.

Conclusão

Para prevenir a gengivite a melhor maneira é mantendo um boa higiene bucal. Escovando todos os dentes, língua e usando o fio dental para remover as bactérias que são prejudiciais para a saúde bucal.

É importante escovar após todas as refeições, com o uso de fio dental pelo menos uma vez ao dia, de preferência na última escovação.

Marque consultas regulares, de preferência uma vez a cada seis meses. Alguns pacientes, que possuem um risco maior para desenvolver gengivite, necessitam de consultas mais frequentes.

Consulte seu dentista para definir a melhor forma de prevenção e higiene bucal para sua boca.

É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente. Pode agendar sua consulta de avaliação pelo Whatsapp (21) 99414-9363, ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site www.cesbsaudebucal.com.

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.

O que é Periodontia?

O que é Periodontia?

 

Periodontia é a especialidade da odontologia responsável pelo diagnóstico, prevenção e tratamento das doenças dos tecidos de suporte e proteção dos dentes (tratamento da gengiva e osso).

Consulta ao periodontista

 

Durante a primeira visita, o periodontista geralmente revisa as histórias médicas e odontológicas completas do paciente. É extremamente importante para o periodontista saber se alguma medicação está sendo tomada ou se o paciente está sendo tratado por qualquer condição que possa afetar o tratamento periodontal, como doenças cardíacas, diabetes ou gravidez.

Sondagem periodontal
Sondagem periodontal

O periodontista examina as gengivas, verifica se há alguma recessão do nível da gengiva e verifica os dentes para ver se algum tem mobilidade. O periodontista também tomará um pequeno instrumento de medição chamado sonda milimetrada e medirá a profundidade dos espaços entre o dente e a gengiva, conhecidos como bolsas periodontais. Isso ajuda o periodontista a avaliar a saúde das gengivas. Raios-X também são utilizados para observar a condição do osso.

Na gengivite a inflamação está localizada somente na gengiva. As doenças periodontais podem causar reabsorção do osso de suporte ao redor do dente levando a mobilidade dentária e até a perda do dente. As doenças periodontais são preveníveis com uma cuidadosa higienização, tratamento regular profissional e acompanhamento.

 

Retração gengival
Retração gengival

 

Existem diversos tratamentos para as doenças periodontais, desde controle da placa bacteriana até técnicas cirúrgicas. A raspagem é tipicamente o primeiro passo no tratamento e controle das bactérias e toxinas que causam a doença. Terapia medicamentosa em conjunto com as raspagens podem ser recomendadas.

Quem deve ir a um Periodontista?

 

Doença Periodontal
Doença Periodontal

Os procedimentos básicos de alguns pacientes podem ser administrados pelo dentista geral. No entanto, à medida que mais e mais pacientes estão exibindo sinais de doença periodontal, juntamente com pesquisas que sugerem uma relação entre a doença periodontal e outras doenças crônicas do envelhecimento, tratamento periodontal pode exigir uma maior compreensão e maior nível de especialização.

Os pacientes que apresentam níveis moderados ou graves de doença periodontal, ou pacientes com casos mais complexos, serão melhor acompanhados por um o periodontista.

É importante acompanhamento profissional regular porque se não, sem tratamento a doença periodontal aumenta em gravidade. Para manter sua gengiva sadia, nós podemos recomendar consultas mais frequentes. Você é um indivíduo, portanto, seu tratamento também é único, necessitando de planos de ação específicos para obter e manter a saúde periodontal.

Conclusão

 

Abordamos neste post introdutório alguns tratamentos que o especialista em periodontia pode oferecer para a manutenção da saúde periodontal e o bem-estar do paciente. Em posts futuros serão abordados estes e outros temas em detalhes.

Se você gostou e quer saber mais sobre esse ou outros assuntos, deixe seu comentário aqui em embaixo que abordaremos num post futuro.

Compartilhe também suas dúvidas e sugestões. Não deixe de conferir outros conteúdos aqui no blog.