fbpx

Cirurgia Bucomaxilofacial

Extração de siso

Cuidados pós-operatórios

Quais os cuidados pós-operatórios em uma cirurgia de extração de siso ou de implante dentário?

 

O sucesso de uma cirurgia de implante dentário ou de extração de siso não depende só do planejamento e dos cuidados pré-operatórios. Em grande parte depende dos cuidados do paciente em seguir as orientações do cirurgião para prevenir complicações e garantir uma recuperação rápida e confortável.
O organismo necessita de mais energia para recuperar e cicatrizar a local operado, por isso não deixe de seguir as orientações fornecidas tanto antes da cirurgia quanto após a cirurgia. Muitas dessas recomendações devem ser seguidas a risca para minimizar qualquer desconforto ou complicação.

 

Alimentação líquida, pastosa e fria

                          Alimentação líquida, pastosa e fria                Não fumar após cirurgia

Algum desconforto pode ser esperado após o procedimento, por isso o repouso é importantíssimo logo após qualquer procedimento cirúrgico prevenindo edema, dor, hemorragias e infecções. Os três primeiros dias são fundamentais, pois esse período irá determinar um pós-operatório sem complicações. Evite movimentos bruscos, esforço físico e atividades físicas.
Siga exatamente as orientações do cirurgião-dentista também em relação ao uso das medicações prescritas como anti-inflamatórios e antibióticos. Outro ponto importante é manter a higienização normal no restante da boca e no local deve ser feita com muita calma e cuidado.

                       Use compressa fria e as medicações prescritas        Mantenha a higienização bucal

Abaixo listamos alguns cuidados pós-operatórios que você precisa seguir:
  1. Ingira uma alimentação mais pastosa, líquida e fria nas primeiras 48h. Sorvete, sucos e iogurtes são permitidos.
  2. Repouse bastante. É importante não fazer nenhum esforço físico ou praticar esportes por pelo menos 72 horas
  3. Evite falar em excesso
  4. Não fumar ou ingerir bebida alcoólica
  5. Não fique exposto ao sol ou em locais muito quentes
  6. Não abaixar a cabeça bruscamente
  7. Ao deitar, manter a cabeça numa posição mais elevada que o corpo.
  8. Evite fazer pressão exagerada ao cuspir ou bochechar nas primeiras 72 horas
  9. Faça compressa fria no local 15-20 minutos a cada hora para amenizar edemas e hematomas
  10. Escove normalmente o restante da boca e próximo a área operada higienize com cuidado
  11. Faça uso da medicação prescrita pelo dentista
  12. Retorne ao dentista para remover os pontos

Conclusão

Importante: Entre em contato com o seu dentista a qualquer momento para esclarecer quaisquer dúvidas. Lembre-se, ele é a pessoa mais indicada a ajudar você.

Devemos ter cuidado com o pós-operatório para que ele ocorra da uma tranquila e sem intercorrência. O cuidado que você terá nos primeiros dias pode evitar muitos transtornos ou que ocorre algum insucesso evitando frustrações futuras.
É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente. Pode agendar sua consulta de avaliação pelo Whatsapp (21) 99414-9363, ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site www.cesbsaudebucal.com.

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.

O que é enxerto ósseo?

O que é enxerto ósseo?

Hoje o implante dentário é o que mais se aproxima de nosso de dente, restaurando a estética do sorriso e recuperando a mastigação, contribuindo para a nossa saúde e autoestima. É muito importante podermos sorrir e nos alimentar sem constrangimento.

Um implante dentário bem planejado e executado fica praticamente imperceptível.

 

Imagem de uma tomografia

 

Para a realização do implante dentário é fundamental que haja uma quantidade de osso mínima, tanto em altura quanto em volume. No exame de tomografia, o cirurgião verificará se o osso tem condições adequadas para recebê-lo ou se será necessário algum tipo de correção prévia usando enxerto ósseo.

 

Quando é identificado através do estudo da tomografia que o osso é fino ou há limitações de altura, o enxerto ósseo permite a melhora da condição óssea do local para a realização do implante dentário. É importante para o sucesso da instalação e longevidade do implante dentário que ele fique bem posicionado no osso.

 

Imagem que representa um homem sem dois dentes da superiores da frente

Quando um dente é perdido e não é reposto de forma imediata começa a ocorrer um processo de reabsorção óssea. O osso da região começa a ficar mais fino e de menor altura. Na maxila ainda temos a existência do seio maxilar que pode limitar ainda mais a altura óssea disponível para o implante.

 

A perda de dentes não trás somente um problema estético, mas limitações na mastigação, dificuldade na fala e alteração das expressões faciais.

Existem diversas técnicas e materiais para enxerto ósseo, que podem ser:

 Imagem de uma paciente com a espessura de rebordo reudiza  Imagem representando o enxerto ósseo sintético

Após o enxerto é necessário se esperar alguns meses, que varia de 4 a 6 meses, para realizar o implante. Em algumas situações o implante dentário pode ser realizado junto com o enxerto reduzindo o tempo de tratamento.

Conclusão

Todo procedimento cirúrgico deve ser bem planejado através de um detalhado exame clínico, anamnese e exame de imagem (tomografia computadorizada) para que um bom resultado seja alcançado. O cirurgião irá avaliar também seu histórico médico.

É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente.

Sua consulta de avaliação pode ser agendada pelo Whatsapp (21) 99414-9363 ou ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site cesbsaudebucal.com.

 

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.