fbpx

Estética

Uso do botox na Odontologia

Botox: uso da toxina botulínica na Odontologia

A toxina botulínica ou como ficou conhecida “Botox” é muito utilizada para fins estéticos, mas você sabia que ela tem finalidades terapêuticas na odontologia?

Quando planejado por uma dentista especializado ela auxilia no tratamento ou controle de diversos problemas orais, como bruxismo e sorriso gengival, além deixar aquele sorriso mais bonito e simétrico.

O que é a toxina botulínica?

A toxina botulínica é uma substância retirada de duas bactérias Clostridium botulinum e Clostridium parabotulinum. Essa substância age paralisando a ação muscular e na dose correta ajuda em diversos tratamentos de saúde.

Com isso, a ação do Botox é temporária, ou seja, após um determinado período de tempo seu efeito se esgota e é necessário uma nova aplicação.

Sendo assim, vale ressaltar que quando executado por um profissional treinado e experiente o uso do Botox é altamente seguro e eficaz.

Benefício do Botox na Odontologia

 

1. Reduz a tensão muscular em casos de bruxismo

O excesso de tensão e força muscular aplicada nos dentes pode levar a que chamamos de bruxismo, ato de apertar ou ranger os dentes.

pessoa rangendo os dentes

 

Assim, pacientes com esta condição costumam queixar-se de:

  • Dores nas musculaturas da face e do pescoço
  • Dor de cabeça
  • Dificuldade para abrir ou fechar a boca
  • Desgaste dos dentes, podendo levar até a fraturas de dentes.

Neste caso o Botox ajuda a eliminar o problema do apertamento e desgaste dos dentes, além das dores de cabeça. Com isso,  é possível utilizar a substância para reduzir a tensão muscular e consequentemente a força que a musculatura da mandíbula faz.

2. Melhora o sorriso gengival e assimétricos

O sorriso gengival ou assimétrico é uma causa de baixa autoestima pois o paciente fica incomodado e com vergonha de sorrir.

A assimetria do sorriso ocorre por pequenas disfunções musculares, fazendo com que alguns músculos de um lado se contraiam mais do que do outro lado. Assim, faz com que o lábio se retraia de forma assimétrica causando um aspecto desarmônico.

Dessa forma, o sorriso gengival é uma queixa estética frequente dos pacientes que se incomodam que quando sorriem a gengiva fica aparecendo em excesso.

Existem diversas causas para essa condição e cada caso deve ser avaliado individualmente, por isso a importância de uma avaliação clínica detalhada para saber qual o melhor tratamento.

Um dos recursos existentes para reduzir o quanto o paciente mostra de gengiva ao sorrir é justamente é a partir do Botox. Com isso, o tratamento visa paralisar a musculatura responsável por levantar o lábio superior dos dois lados, tornando o sorriso mais harmônico, agradável e belo.

Por isso, diferente das técnicas cirúrgicas para correção do sorriso gengival, o Botox não é invasivo, não necessitando de tempo de recuperação pós-operatória.

Além disso, uma outra vantagem do procedimento é que ele é reversível, ou seja, depois de um tempo o efeito termina, isso possibilita que se o paciente não ficar satisfeito com o resultado não fica nenhuma alteração permanente.

3. Reduz as dores causadas pelas disfunções da ATM

As dores por disfunção de ATM (articulação temporomandibular) são bem características:

  • Dor na região dos maxilares, na face, na frente e “dentro dos ouvidos”
  • Rangido e estalos ao movimentar a boca ou ao mastigar
  • Zumbidos ou ruídos no ouvido
  • Rigidez na musculatura para abrir a boca logo pela manhã
  • Dores de cabeça

Dor no maxilar ao acordar

O tratamento com Botox não resolve o problema que levou a esta condição, simplesmente resolve os sintomas sentido pelo paciente gerando uma grande alívio, agindo como um complemento ao longo do tratamento.

Dessa forma, a redução da atividade e contratação da musculação reduz a partir da aplicação em pequenas doses na musculatura envolvida no mau funcionamento.

4. Botox é um método reversível, conservador e com efeito rápido

Como dito anteriormente essa é uma vantagem, pois o tempo de ação do Botox vai de 4 a 6 meses, dependendo do indivíduo.

Assim, caso o resultado não tenha sido o esperado pelo paciente basta aguardar que o efeito vai passar, não sendo necessário nenhum outro procedimento.

Considerado um procedimento conservador pois não envolve cirurgia. Isso porque utiliza-se somente uma agulha para aplicação da substância na musculatura envolvida.

Dessa forma, a recuperação é bem rápida com poucas ou nenhumas complicações. As complicações mais comuns são dor de cabeça,  pequeno inchaço e hematoma no local da aplicação que tende a desaparecer após alguns dias.

Em geral já é possível se perceber o resultado após 48 a 72 horas da aplicação.

Entendeu como a Odontologia utiliza o Botox? Deixe nos comentários sua dúvida. Para mais texto como esses acesse o nosso blog. Não se esqueça,  para um tratamento seguro e eficaz escolha um profissional especializado. Agende sua consulta conosco via Whastapp.

 

Qual é a diferença entre faceta de porcelana e lente de contato dental?

Qual é a diferença entre faceta de porcelana e lente de contato dental?

Com o surgimento das chamadas lentes de contato dentais, será que as facetas de porcelana deixaram de serem usadas?

Hoje em dia escutamos muito sobre as lentes de contato dentais, mas afinal de contas qual a diferença entre as facetas dentais em porcelana e as lentes de contato dentais?

Procuramos explicar neste pequeno artigo quais as diferenças entre as duas técnicas e vantagens desses tratamentos.

Qual é a diferença entre as técnicas?

 

Espessura das lentes de contato dentais

As facetas dentárias são finas capas em porcelana colocadas na superfície da frente dos dentes (face vestibular), procurando corrigir a estética do dente e harmonia do sorriso, seja por dentes desgastados, desalinhados, manchados ou por apresentar espaço entre eles, proporcionando uma aparência natural e harmônica.

O desenvolvimento de novas técnicas e melhora dos materiais dentários, possibilitou que as facetas dentais fossem confeccionadas em espessuras cada vez menores até atingirem 0,3 mm a 0,5 mm que são as chamadas lentes de contato dentais, ou seja, são facetas dentais ultrafinas.

Para efeito de comparação as facetas dentárias tem em torno de 0,7 mm a 1,5 mm de espessura.

Quais o benefícios das duas técnicas?

As duas técnicas quando bem executadas por um bom profissional e bem indicadas irão satisfazer o paciente e proporcionar o resultado esperado.

  • Por serem em porcelana não apresentam alteração de cor
  • São de rápida execução desde o planejamento até a finalização
  • Boa durabilidade e resistência

Qual é a mais indicada?

O dentista é quem indicará qual das duas técnicas é a mais indicadas. Em muitos casos a lente de contato é indicada para:

  • fechamento de espaços entre os dentes
  • melhorar a forma dos dentes ou aumentando o comprimento e largura do dente

E as facetas dentárias em porcelanas em situações de:

  • maiores alterações de cor dos dentes
  • dentes girados ou desalinhados

Conclusão

A decisão deve ser feita em conjunto com o profissional que irá realizar o tratamento para que junto com o paciente seja conversado e planejado o tratamento levando em consideração todos as vantagens e cuidados que cada técnica necessita.

Devemos ter os mesmo cuidados que temos com os nossos dentes naturais através da escovação após cada refeição e passar o fio dental pelo menos uma vez ao dia, removendo os resíduos alimentares e a placa bacteriana responsáveis pela cáries e problemas gengivais. Evitar roer as unhas, abrir embalagens com os dentes e morder alimentos muito duros são alguns exemplos de cuidados úteis na preservação.

É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente. Pode agendar sua consulta de avaliação pelo Whatsapp (21) 99414-9363, ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site www.cesbsaudebucal.com.

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.

Faceta Dental em Porcelana – O que você precisa saber

Faceta dental

 

Muitas vezes, você ouve as pessoas dizerem que os famosos colocaram faceta dental e isso pode parecer a melhor maneira para ter dentes perfeitos, mas cada boca é diferente e as facetas dentárias precisam ser cuidadosamente planejadas.

As facetas dentárias de porcelana são peças finas de porcelana usadas para cobrir a superfície do dente recriando o aspecto natural dos dentes por aqueles que procuram fazer alterações de posição, forma, tamanho e/ou cor do dente. Podem ser feitas em porcelana ou resina. A porcelana na maioria das vezes é o material de escolha por fornecer força e resistência comparáveis ao esmalte dentário natural.

Consulta de diagnóstico e planejamento

 

Enceramento diagnóstico
Enceramento diagnóstico

O planejamento começa sobre o que você deseja corrigir e é fundamental para um bom resultado que você participe ativamente identificando claramente quais as melhorias estéticas que você deseja realizar.

O dentista começará com uma análise do sorriso para determinar quais etapas são necessárias para alcançar o sorriso que você deseja, podendo solicitar exame complementar de radiografia ou modelos para diagnóstico. Neste momento também irá explicar como é feito o procedimento e suas limitações.

Além disso, também pode fazer uma simulação para mostrar uma foto de como seu novo sorriso irá aparecer. Pode ser feito digitalmente pelo computador, através de réplicas em modelos ou diretamente na boca.

Concluir que as facetas de porcelana criarão o visual que você quer é apenas um passo no processo, há muito mais a aprender antes de prosseguir.

Como são feitas as facetas dentais de porcelana

 

Preparo para faceta dental
Preparo para faceta dental

As facetas dentais de porcelana consistem em várias camadas de cerâmica fina que substituem o esmalte dentário original e um agente de união.

Para realizar uma faceta dental, uma quantidade muito pequena do esmalte dentário original deve ser removida, geralmente de 0,5 a 1 milímetro. Isto é essencial, pois cria espaço para que a faceta de porcelana se encaixe no dente restabelecendo a restauração da função do dente natural, criando uma aparência ainda melhor do que o dente original.

Facetas temporárias em resina poderão ser necessárias em algumas situações. O dentista então irá verificar a cor e moldar, criar uma cópia dos dentes preparados e encaminhar ao laboratório para execução do trabalho. Podendo levar de 1 a 2 semanas para conclusão.

Antes de cimentar o trabalho em definitivo o dentista irá temporariamente fixar as facetas dentárias para verificar adaptação, cor e forma, realizando os devidos ajustes caso necessário.

A união entre o dente original e faceta dental de porcelana é crítica, pois não só proporciona a perfeição estética desejada, mas também uma ligação forte, essencial para a correta função da faceta. Esta união é feita por uma resina especial fotopolimerizável colocada entre o dente e a faceta e depois endurecida usando uma luz especial.

Indicações das facetas dentais de porcelana

 

Fechamento de diastemas
Fechamento de diastemas

A faceta dental de porcelana é uma excelente opção muito bem sucedida em muitas situações, por exemplo:

  • em que o dente sofreu alteração de cor, seja por tratamento de canal, por tetraciclina ou manchas por fluorose;
  • em situações que o dente sofreu alteração de forma ou desgastes excessivo da borda;
  • alteração de posicionamento, por exemplo apinhamento dentário;
  • é uma boa escolha para dentes fraturados;
  • em dentes com restaurações extensas;
  • quando apresentam diastemas (espaços entre os dentes);
  • situações em que a posição do dente está comprometida;
  • em pequenos problemas relacionados com a mordida.

Para algumas pessoas, as manchas superficiais não respondem bem ao clareamento dentário. Nestas situações, uma faceta de porcelana pode ser uma excelente opção.

Lente de contato dental (Facetas com Preparação Mínima ou “Sem Preparação”)

Visão aproximada
Visão aproximada

Muitos pacientes estão procurando uma alternativa às facetas dentais tradicionais, mas é importante citar que esta opção de tratamento não é apropriada para todos. Esta técnica tem sido muito procurada por artistas atualmente em busca de um sorriso mais harmônico.

Tal como acontece com as facetas de porcelana, as lentes de contato dental normalmente não exigem que o dentista remova tanto material do dente – estão relacionadas à superfície vestibular dos dentes. Muitas vezes, a colocação de lentes de contato dental pode ser feita com mais rapidez e com menos desconforto do que as facetas tradicionais.

No planejamento o dentista irá informar se o seu caso é apropriado para a confecção de lentes de contato dental.

Estamos preparando um artigo sobre as lentes de contato dentais para detalhar as diferenças e indicações para as facetas dentárias tradicionais.

Os benefícios da faceta dental

As facetas dentais de porcelana apresentam as seguintes vantagens:

  1. Uma vez que as facetas de porcelana são modeladas individualmente para cada paciente e é quase impossível dizer a diferença entre uma faceta e um dente natural. Ao contrário dos dentes naturais, as facetas são feitas sob medida, resistem às manchas de café e chá e à fumaça do cigarro porque são feitos de materiais de alta tecnologia.
  2. Nas facetas – em oposição às coroas – seus dentes naturais permanecem em grande parte intactos com apenas uma quantidade mínima sendo alterada para se adequar a faceta.
  3. As facetas de porcelana são resistentes às pigmentações, não ocorrendo alteração de cor nelas.
  4. Para os dentes que resistem ao clareamento, as facetas em porcelana podem fazer com que os dentes mais escuros pareçam brancos.
  5. A faceta dental também é recomendada para corrigir rapidamente pequenos apinhamentos e diastemas.
  6. A porcelana é um material bem tolerado pela gengiva.

Possíveis desvantagens da faceta dental de porcelana

Podemos citar como desvantagem das facetas alguma situações:

  1. Como uma porção do esmalte dentário original é reduzida, a faceta dental não é considerada um tratamento reversível. Embora os ajustes e até mesmo facetas dentárias novas possam ser feitas, você nunca pode retornar de forma confiável à condição original do dente;
  2. Criar facetas de porcelana requer algum tempo de laboratório, então espere pelo menos uma semana antes de estarem prontas para serem aplicadas;
  3. Dentes que apresentam restaurações em resina muito extensas, que já apresentam pouca estrutura dentária, pode ser necessário coroas dentárias ou que apresentam pouca estrutura de esmalte na superfície.
  4. Depois que as facetas de porcelana estiverem presas, você poderá ter alguma sensibilidade a temperaturas frias devido à remoção dessa camada fina de esmalte. Isso geralmente desaparece dentro de alguns dias;
  5. Como as facetas não sofrem alteração de cor depois de colocadas, se você planeja realizar clareamento deve realizar antes das facetas.
  6. O paciente deve poder usar facetas de porcelana como seus próprios dentes. Embora sejam muito resistentes, as facetas também são frágeis. Você deve evitar as forças excessivas que você evitaria com os dentes originais: não roer as unhas, morder gelo ou abrir garrafas de cerveja com as facetas, são alguns exemplos;
  7. Usualmente as facetas de porcelana não podem ser reparadas caso ocorra alguma trinca ou quebra;
  8. Custo mais alto que as restaurações em resina.

Manutenção da faceta dental de porcelana

 

Cuidados de higienização bucal
Cuidados de higienização bucal

A manutenção de facetas de porcelana é realmente bem simples: trate-as como os seus dentes originais, com rotina de escovação e uso de fio dental. Dentes com facetas dentais de porcelana ainda podem apresentar cárie.

Uma a duas semanas após a colocação das facetas dentais, é necessários retornar à clínica para uma visita de acompanhamento e uma avaliação para que o dentista possa ver como está a adaptação. Mesmo se você sentir que as facetas são um sucesso, este compromisso é vital para a sua futura saúde bucal.

Se você tem o hábito de ranger ou apertar os dentes, o dentista pode recomendar uma placa de bruxismo noturna para que você não prejudique suas facetas.

Você também deve retornar para manutenção profissional regular porque seu dentista precisa inspecionar os trabalhos para qualquer sinal de falha potencial.

Clareamento dental: caseiro, consultório ou ambos?

Clareamento dental: caseiro, consultório ou ambos?

 

Belo sorriso harmônico
Belo sorriso harmônico

O clareamento dental é uma das primeiras opções para melhoria da estética. É muito comum um dia olharmos no espelho e observarmos algo que incomode no nosso sorriso. Ficamos observando e percebemos aquela sensação de dente amarelado, seja pelo atual aumento no consumo de substâncias corantes (natural ou artificial) ou pelo nosso próprio envelhecimento.

O clareamento dental é um dos procedimentos estéticos mais comum para se obter dentes mais brancos e estéticos, seja pela facilidade ou pela rapidez do procedimento.

Nesse momento surgem muitas dúvidas no paciente, tais como:

  • Clareamento dental enfraquece os dentes?
  • É seguro fazer?
  • Qualquer pessoa pode fazer?
  • Quais os riscos?
  • Qual a melhor forma de fazer?
  • Clareamento em consultório é mais eficaz?
  • Os produtos encontrados em farmácia dão resultado?

Responderemos a estas perguntas e outras dúvidas ao longo deste artigo.

Todo clareamento dental deve ser supervisionado pelo profissional dentista de sua confiança para garantir que se tenha um resultado estável e satisfatório sem complicações.

Como ocorre o processo de clareamento dental?

 

Os produtos comumente usados são o peróxido de carbamida ou peróxido de hidrogênio, variando a concentração dependendo do caso, sensibilidade do paciente e da forma de tratamento escolhido para se realizar o clareamento.

O clareamento dental ocorre através de uma reação química. O oxigênio livre liberado pelo produto penetra no esmalte dentário reagindo com os pigmentos que são eliminados nesse processo, resultando ao final do processo CO2 e água.

O resultado é acumulativo ao longo do tratamento até eliminar toda a pigmentação finalizando-se, então, o tratamento.

Tipos de clareamento dental

 

Clareamento dental caseiro

 

Moldeira de clareamento caseiro
Moldeira de clareamento caseiro

É a forma mais comum de clareamento dental. Oferece a vantagem de ser realizado em casa durante algumas horas por dia, normalmente, num período de duas semanas.

É realizado através da aplicação de um gel clareador em uma moldeira personalizada em silicone.

As moldeiras são construídas a partir de uma moldagem da arcada do paciente e visam potencializar o efeito e minimizar o risco de dano a gengiva quando comparado as moldeiras pré-fabricadas vendidas em farmácias.

Hoje em dias temos uma gama grande de opções de produto para clareamento, por isso, é importante o acompanhamento com o seu dentista. Ele é o profissional mais qualificado para indicar o produto, concentração e duração de uso do produto.

Pelo fato do gel apresentar uma concentração menor, está associado a uma sensibilidade menor durante o tratamento.

Clareamento dental em consultório

 

Clareamento em consultório
Clareamento em consultório

Forma de clareamento realizada exclusivamente em consultório, na qual se utiliza um gel mais concentrado que no clareamento dental caseiro, possibilitando um resultado mais imediato para aqueles que não querem esperar pelo resultado, sendo necessário de 1 a 3 sessões.

Cada sessão dura, em média, cerca de uma hora. Os dentes são isolados, garantindo que o gel não entre em contato com a gengiva ou bochecha.

Pode ser realizada ativação do gel através do uso de LED ou laser, atualmente esta etapa é opcional, pois os resultados obtidos com ou sem o uso da ativação são similares.

Normalmente o clareamento dental em consultório está associado a uma maior sensibilidade durante o tratamento.

Clareamento dental associado (consultório e caseiro)

 

Uma opção excelente e cada vez mais comum é associar as duas modalidades de tratamento, com isso se tem o melhor das duas modalidades de clareamento dental de consultório e caseiro.

É realizado uma primeira sessão de clareamento em consultório que é seguida pelo uso do gel em casa durante a semana.

As vantagens de iniciar o clareamento com o método em consultório é que garante atuação mais rápida e com um resultado imediato, entrando-se em seguido com fase de uso do gel em casa proporcionando um resultado estável e duradouro com menor sensibilidade.

Clareamento dental interno de dentes desvitalizados

 

Dentes que tiveram tratamento de canal realizado podem apresentar uma coloração bem escura.

Esta coloração tem origem interna, de dentro para fora do dente, em decorrência da presença de sangue na câmara pulpar ou por produtos usados na obturação do tratamento de canal.

É indicado um clareamento interno que vai agir no dente de dentro para fora através da aplicação do gel internamente na câmara pulpar e este é trocado como um curativo em intervalados determinado pelo dentista até se obter o resultado desejado.

Está técnica não é tão previsível, podendo em alguns casos, não se conseguir igualar a coloração deste dente com os restantes

Dúvidas mais frequentes

 

Qual técnica de clareamento dental é mais eficaz?

 

Cada técnica de clareamento tem suas vantagens e desvantagens.

O clareamento em consultório apresenta inicialmente um resultado mais rápido, porém o resultado a longo prazo do clareamento caseiro é mais estável. Sendo hoje em dia comum se associar as duas técnicas.

Cada paciente deve ser avaliado individualmente para junto com o dentista decidirem a melhor técnica.

Clareamento dental deixa os dentes sensíveis?

 

Uma das questões mais comumente perguntada é em relação a sensibilidade dental, que vai variar de pessoa para pessoa por diversas razões, por isso é necessário uma criteriosa avaliação profissional e algumas ações podem ser tomadas para se reduzir a sensibilidade durante o tratamento, como o uso de pasta para dentes sensíveis, aplicação de flúor ou dessensibilizantes.

Durante o processo de clareamento é comum um ligeiro aumento de sensibilidade ao frio, hoje em dia já bastante minimizado. Após o término do tratamento este quadro retorna a normalidade.

Toda sensibilidade deve ser relatada ao dentista para que possa ser avaliada.

Que alimentos devo evitar durante o clareamento dental?

 

Alimento que devem ser evitados
Alimento que devem ser evitados

Todo consumo excessivo de alimentos escuros devem ser evitados, por exemplo, refrigerantes, café, mate, sucos escuros, açaí, vinho tinto.

Pacientes com dentes clareados não estão proibidos de ingerir alimentos escuros, porém vale ressaltar que moderação é importante para não ocorrer um escurecimento precoce.

Como fazer a higienização oral?

 

Escovação dental
Escovação dental

Durante o tratamento de clareamento é importante um rigor na higienização através de uma cuidadosa escovação e uso de fio dental, pois o acúmulo de placa não removida na escovação resultará numa pigmentação com consequente perda no resultado final do clareamento.

Porque meu dente não fica super branco?

 

Nossos dentes não são monocromáticos, eles possuem naturalmente uma região mais escura próxima a gengiva (cervical) e vai ficando mais claro a medida que vamos em direção a borda do dente (incisal). Este efeito é em decorrência da maior presença de dentina e pouco esmalte na região cervical e invertida na região incisal, grande presença de esmalte.

O esmalte fornece a aparência translúcida ao dente.

Porque os dentes escurecem com a idade?

 

Conforme vamos envelhecendo há um desgaste no esmalte e aumento na espessura de dentina, que fornece a coloração amarelada ao dente. Isto é um processo natural e adaptativo do organismo.

Quais os riscos de realizar o tratamento sem a orientação do dentista?

 

Pode ocorrer a aplicação inadequada do gel gerando um resultado insatisfatório.

Aplicação excessiva do gel causando queimadura na gengiva.

Presença de exposição da raiz ou dentes cariados ocasionando em aumento de sensibilidade, podendo levar a uma pulpite.

Quais as contraindicações ao clareamento dental?

 

  • Pessoas com hipersensibilidade dentária
  • Pessoas com menos de 16 anos
  • Mulheres grávidas
  • Presença de restaurações, próteses ou implantes não sofrerão ação do gel clareador, podendo necessitar de serem refeitas após o tratamento clareador.

Conclusão

 

Hoje o dentista possui uma gama grande de opções para oferecer ao paciente a melhor relação entre benefício, segurança e resultado final para se atingir um sorriso mais bonito proporcionando um aumento na autoestima muito importante hoje em dia para a realização de nossos objetivos pessoais e profissionais.

É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente. Pode agendar sua consulta de avaliação pelo Whatsapp (21) 99414-9363, ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site www.cesbsaudebucal.com.

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Queremos também saber sua opinião e experiência sobre clareamento dental. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.