fbpx

Implante dentário imediatamente após extração: É possível?

Implantes dentários: tire suas dúvidas

 

Este artigo faz parte da coluna sobre as principais dúvidas dos pacientes sobre os tratamentos odontológicos.

Estará em constante atualização, por isso se cadastre por e-mail, Facebook ou pelo seu próprio navegador e receba antecipadamente as notificações das nossas atualizações.

Caso você apresente alguma dúvida ou tenha alguma curiosidade, deixe seu comentário em um dos nossos canais de comunicação que teremos o maior prazer em responder.

Implante dentário imediatamente após extração: É possível?

 

Dente fraturado
Dente fraturado
Radiografia de dente com perda óssea severa
Radiografia de dente com perda óssea severa

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma dúvida muito frequente é se o paciente ficará sem dente quando precisar fazer uma extração devido a algum comprometimento da raiz, fratura ou mesmo doença periodontal, principalmente quando está localizado na região anterior, afetando o sorriso.

Nestas situações, em uma grande maioria dos casos, podemos realizar a extração do dente e a instalação do implante no mesmo instante, ou seja, no mesmo procedimento cirúrgico desde que não haja grande comprometimento da estrutura óssea e periodontal.

Para isso devemos realizar um bom planejamento através de:

  • anamnese detalhada;
  • avaliação clínica da necessidade de próteses provisórias;
  • exames complementares de imagens.

Na primeiro consulta é analisado junto com o paciente as suas expectativas, opções de tratamento e necessidade de exames tanto laboratoriais quanto de imagens complementares (principalmente tomografia computadorizada).

Na anamnese é verificada a condição de saúde, histórico de doenças, uso de medicamentos diários que possam interagir com o tratamento.

Tendo em mãos todas essas informações é realizado o planejamento pré-cirúrgico, determinando tipo, formato e tamanho do(s) implante(s). Finalizado o planejamento, pode-se seguir a preparação pré-cirúrgica e realizar o procedimento cirúrgico. Esta técnica permite diversos benefícios:

  • menor trauma ao paciente;
  • um único tempo cirúrgico;
  • menor tempo de cicatrização;
  • melhor preservação dos tecidos (osso e gengiva) ao redor do dente extraído.

Como todo procedimento cirúrgico, são necessários alguns cuidados tanto antes quanto depois do procedimento. O paciente no pós-operatório deve seguir a orientação do dentista em relação a medicação, cuidado redobrado na higienização oral e durante a mastigação evitar grandes forças.

Conclusão

Nada substitui o planejamento individualizado por um profissional capacitado, o tratamento deve ser avaliado caso a caso. Esta técnica oferece diversos benefícios com alta taxa de sucesso, além de fornecer ao paciente conforto, segurança e autoestima.

É necessário realizar uma consulta de avaliação para planejamento dos procedimentos necessários para o tratamento de cada paciente. Pode agendar sua consulta de avaliação pelo Whatsapp (21) 99414-9363, ligando para o nosso telefone (21) 3258-9580 ou pelo site www.cesbsaudebucal.com.

Deixe-nos seu comentário e/ou dúvidas que teremos o maior prazer em ajudar. Compartilhe esta ideia.

Não deixe de consultar o seu dentista, que é o mais preparado para orientar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *